Imprimir esta página
06
Novembro

Vitória contra privatização da CEDAE se aproxima

Escrito por 
Publicado em Estado

A luta do Sintsama-RJ e da CTB-RJ contra a privatização da CEDAE pode ter um desfecho positivo nos próximos dias. Após muita pressão, a tendência é que o veto de Pezão seja derrubado e a emenda que impede a venda da CEDAE passe a valer e garanta a manutenção desse patrimônio do povo do Estado do Rio de Janeiro.

 

Os deputados da Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ) decidirão nesta terça-feira quando o veto do governador Pezão à emenda que impede a venda da Cedae será votado no plenário. Entre os deputados estaduais, paira a convicção de que o Veto será derrubado e que, com isso, a empresa não poderá ser privatizada.

 

As ações da companhia foram apresentadas pelo governador Pezão (MDB) como contragarantia a empréstimo de R$ 2,9 bilhões feito pelo BNP Paribas. A União foi avalista da operação financeira. Com a derrubada do veto,  se o governo não tiver como pagar, até 2020, o empréstimo que obteve com a instituição financeira, a estatal poderá passar para o domínio da União, segundo alguns parlamentares. Posição rechaçada pelo autor da emenda, Paulo Ramos, que defende que a estatal use créditos que têm a receber do governo federal para evitar a federalização e consequente privatização: “O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a União pague à companhia mais de R$ 2 bilhões (devido à imunidade tributária). O tratamento de água não pode ser entregue à iniciativa privada”.

Avalie este item
(0 votos)